Conversa com o prof. Dr. Cid Seixas, 03/09/2015

CIDSEIXAS (5)O Núcleo de Estudos Interdisciplinares em Humanidades Digitais em parceria com o projeto Cancioneiro do Folha do Norte promove um ciclo de palestras e conversas com vários pesquisadores. Na primeira conversa tivemos como convidada a professora Ana Angélica Vergne de Morais. A segunda conversa acontecerá no dia 19/08/2015, com o prof. Dr. Cid Seixas

O projeto Cancioneiro do Folha do Norte tem como objetivo inventariar e editar as poesias publicadas no jornal Folha do Norte (1909-1959). Trata-se de um estudo literário e filológico relacionado ao componente curricular Filologia Românica III que tem como ementa a prática de edição de textos.

Algumas palavras sobre o professor Dr. Cid Seixas:

Professor universitário, escritor e jornalista. Antes de se dedicar à carreira docente, atuou na imprensa como repórter, copy desk e editor, trabalhando em rádio, jornal e televisão. Fundou e dirigiu um dos mais qualificados suplementos literários, o Jornal de Cultura, publicado na Bahia pelos Diários Associados. Graduado em Letras Vernáculas pela Universidade Católica do Salvador (1976), Mestre em Letras e Lingüística pela Universidade Federal da Bahia (1980) e Doutor em Letras (Literatura Portuguesa) pela Universidade de São Paulo (1990). Atualmente é Professor Titular aposentado da Universidade Federal da Bahia, consultor, na área de educação, elaborou os currículos de alguns cursos universitários, sendo co-responsável pela implantação do Programa de Pós-Graduação em Literatura e Diversidade Cultural da Universidade Estadual de Feira de Santana, onde é Professor Adjunto e co-editor de Légua & meia: revista de literatura e diversidade cultural. Tem experiência de ensino e pesquisa na área de Letras, com ênfase em Literatura Comparada e Literatura Portuguesa, atuando principalmente nos seguintes temas: crítica literária, poesia, literatura baiana, literatura e cultura. Atuou ainda nas áreas de lingüística e de psicanálise, assim como em jornalismo e comunicação. Na área de editoração, dedica-se a planejamento editorial e projeto de livros e publicações. Além de colaborações em jornais e revistas especializadas, entre os quais O Estado de S. Paulo e a Colóquio Letras, de Lisboa. Assinou, durante cinco anos, a coluna Leitura Crítica, no jornal A Tarde. Além de artigos, ensaios e outros textos, publicou duas dezenas de livros e plaquetes, entre obras de criação, teoria e crítica, destacando-se O Espelho de Narciso (Civilização Brasileira), Triste Bahia (Coleção Letras da Bahia), O lugar da linguagem da teoria freudiana (Casa de Jorge Amado), O espelho infiel (Diadorim), O trovadorismo galaico-português (UEFS), Os riscos da cabra cega: recortes de crítica ligeira (PPgLDC) etc. Atualmente vem publicando livros virtuais na internet, além da revista online Jornada.

Grande oportunidade! Ainda temos 20 vagas, faça logo sua inscrição.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s