Lançamento do Livro: Bahia humorística, causos sertanejos de Eulálio Motta, de autoria da Professora Liliane Barreiros

dfsfdfsfNo dia 29 de setembro, às 16h, no Hall da Reitoria da Universidade Estadual de Feira de Santana, acontecerá o lançamento do livro Bahia humorística, causos sertanejos de Eulálio Motta, de autoria da professora Liliane Lemos Santana Barreiros. Trata-se da edição de 50 causos sertanejos inéditos que a pesquisadora da UEFS identificou no acervo do escritor e elaborou uma edição filológica acessível para todos os públicos.

Os textos retratam o cotidiano das vilas e fazendas da região de Mundo Novo-BA e registram, humoristicamente, os falares das pessoas simples, dos homens e mulheres do sertão. Eulálio Motta gostava de conversar com a gente simples e ouvir suas histórias. Os causos de Bahia humorística são cheios de vida e humor, revelam diálogos de Eulálio Motta com Zeferino, Rafael, Sinhá Cristina, apanhadeiras de café, vaqueiros, trabalhadores da roça. A obra invade o sertão profundo da região de Mundo Novo e o aproxima dos leitores. Os causos são muito bem apresentados e enriquecidos pelo criterioso trabalho de pesquisa acadêmica no âmbito da filologia e da lexicografia.

Bahia Humorística é um tributo à memória do saudoso escritor mundonovense Eulálio de Miranda Motta e um valioso instrumento de preservação e ativação da memória cultural, linguística e literária da boa gente do sertão de Mundo Novo. Os tipos sociais e os acontecimentos tratados nos causos são facilmente reconhecíveis pelas pessoas de Mundo Novo. Os causos contados por Eulálio Motta trazem à tona a memória da minha infância, na Fazenda Riacho do Ouro, e as noites de lua cheia quando meu pai, Olímpio Barreiros, contava (ele ainda conta) as fantásticas histórias de sua mocidade.

A experiência de ler os causos é como se recuperássemos, por alguns instantes, as circunstâncias performáticas desse gênero. Sentimo-nos numa roda animada onde o contador executa seu número. Espanto, risos, expectativas, palpitações e uma mistura de outros sentimentos animam a encenação dos causos. Tudo isso pode ser recuperado pela narrativa pulsante de Eulálio Motta.

Vale a pena ler!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s